Estudantes, professoras (es) e profissionais discutem a comunicação no Ceará

23/10/2018

 

A I Jornada Interinstitucional de Comunicação do Ceará (Jicom) reuniu professores (as), estudantes e profissionais para trocar conhecimentos e experiências nos dias 22 e 23 de outubro no Centro de Humanidades da UFC. A mesa de abertura, na tarde da segunda, 22, no auditório José Albano, contou com a presença dos coordenadores dos cursos de comunicação da Uninta de Sobral, Liliane Luz; da Unifor, Wagner Borges; da Uni7, Geraldo Magela; da UFC, Ismar Capistrano. O professor Magela lembrou que o evento já era um sonho desde quando foi estudante na década passada. "Estamos dando um ponto de partida, por isso digo que essa é a Jornada zero, de muitas que virão", afirmou.

 

Antes da mesa de abertura, foi realizada, na manhã do dia 22, na Sala Audiovisual A do Curso de Jornalismo da UFC, a Roda de Conversa sobre a Qualidade do Ensino de Comunicação com a participação de estudantes de várias instituições de ensino superior de Fortaleza. O atual cenário político com ameaças à liberdade de expressão foi a tônica das discussões que continuaram na manhã do dia seguinte, 23, com a Roda de Conversa sobre o Movimento Estudantil e Democratização da Comunicação.

 

No Painel "Comunicação: ciências humanas ou ciências da gestão", que aconteceu na sequência do evento, os professores Edgard Patrício (UFC), Paulo Junior (Uni7) e Wagner Borges (Unifor) debateram o campo da comunicação e sua classificação no ensino superior. Segundo Edgard, esse dilema da comunicação ser humanas ou gestão é falso, pois não há uma necessária oposição entre estas áreas. O professor Wagner afirmou que o processo de passagem dos cursos de Comunicação da Unifor do Centro de Ciências Humanas para o Centro de Comunicação e Gestão confirmou o argumento defendido por Edgard.  Já Paulo Junior lembrou a necessidade do jornalista compreender os processos de gestão de sua própria atuação profissional. A tarde do primeiro dia terminou com a Palestra "Diplomacia Pública na União Europeia" do jornalista italiano das Organizações dos Estados Íbero-Americanos, Carlo Cauti.

 

O papel social do comunicador foi discutido no segundo painel do evento, realizado na terça, 23 com a participação dos professores Adriana Santiago (Unifor), Ismar Capistrano (UFC), João Bento (Rede Cuca) e Klycia Fontenele (Fac). A relação da universidade com a sociedade, através da extensão, a apropriação das tecnologias, as fakes news e a produção jornalística foram os assuntos abordados no debate. Em sequência, foi realizado a última atividade da I Jicom, o Painel "Depois da Graduação: aperfeiçoamento e pesquisa" com os professores Ricardo Jorge (UFC) e Nila Bandeira (Uni7). Os painelista apresentaram seus percursos na pós-graduação e apresentaram recomendações para os participantes.

 

A I Jicom foi uma realização das coordenações dos cursos de Comunicação da Fac, UFC, Uni7, Unifor, Uninta, Rede Cuca e do Diretório Acadêmico Tristão Athayde (Data). Os certificados dos participantes estará disponível a partir do dia 12 de novembro no Atalho dos Certificados do site jornalismo.ufc.br.

 

 

Please reload

Notícias recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Tags
Redes sociais
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon

© 2017 Curso de Jornalismo da UFC. Criado com Wix.com

 

+55 85 3366.7710   |   coordenacaojornalismo@ufc.br

Avenida da Universidade, 2762, Benfica, Fortaleza - Ceará CEP 60020-180 

  • Facebook Black Round
  • Instagram Black Round