Search
  • Kamila Fernandes

Estudantes, professoras (es) e profissionais discutem a comunicação no Ceará


A I Jornada Interinstitucional de Comunicação do Ceará (Jicom) reuniu professores (as), estudantes e profissionais para trocar conhecimentos e experiências nos dias 22 e 23 de outubro no Centro de Humanidades da UFC. A mesa de abertura, na tarde da segunda, 22, no auditório José Albano, contou com a presença dos coordenadores dos cursos de comunicação da Uninta de Sobral, Liliane Luz; da Unifor, Wagner Borges; da Uni7, Geraldo Magela; da UFC, Ismar Capistrano. O professor Magela lembrou que o evento já era um sonho desde quando foi estudante na década passada. "Estamos dando um ponto de partida, por isso digo que essa é a Jornada zero, de muitas que virão", afirmou.

Antes da mesa de abertura, foi realizada, na manhã do dia 22, na Sala Audiovisual A do Curso de Jornalismo da UFC, a Roda de Conversa sobre a Qualidade do Ensino de Comunicação com a participação de estudantes de várias instituições de ensino superior de Fortaleza. O atual cenário político com ameaças à liberdade de expressão foi a tônica das discussões que continuaram na manhã do dia seguinte, 23, com a Roda de Conversa sobre o Movimento Estudantil e Democratização da Comunicação.

No Painel "Comunicação: ciências humanas ou ciências da gestão", que aconteceu na sequência do evento, os professores Edgard Patrício (UFC), Paulo Junior (Uni7) e Wagner Borges (Unifor) debateram o campo da comunicação e sua classificação no ensino superior. Segundo Edgard, esse dilema da comunicação ser humanas ou gestão é falso, pois não há uma necessária oposição entre estas áreas. O professor Wagner afirmou que o processo de passagem dos cursos de Comunicação da Unifor do Centro de Ciências Humanas para o Centro de Comunicação e Gestão confirmou o argumento defendido por Edgard. Já Paulo Junior lembrou a necessidade do jornalista compreender os processos de gestão de sua própria atuação profissional. A tarde do primeiro dia terminou com a Palestra "Diplomacia Pública na União Europeia" do jornalista italiano das Organizações dos Estados Íbero-Americanos, Carlo Cauti.

O papel social do comunicador foi discutido no segundo painel do evento, realizado na terça, 23 com a participação dos professores Adriana Santiago (Unifor), Ismar Capistrano (UFC), João Bento (Rede Cuca) e Klycia Fontenele (Fac). A relação da universidade com a sociedade, através da extensão, a apropriação das tecnologias, as fakes news e a produção jornalística foram os assuntos abordados no debate. Em sequência, foi realizado a última atividade da I Jicom, o Painel "Depois da Graduação: aperfeiçoamento e pesquisa" com os professores Ricardo Jorge (UFC) e Nila Bandeira (Uni7). Os painelista apresentaram seus percursos na pós-graduação e apresentaram recomendações para os participantes.

A I Jicom foi uma realização das coordenações dos cursos de Comunicação da Fac, UFC, Uni7, Unifor, Uninta, Rede Cuca e do Diretório Acadêmico Tristão Athayde (Data). Os certificados dos participantes estará disponível a partir do dia 12 de novembro no Atalho dos Certificados do site jornalismo.ufc.br.


23 views0 comments

Recent Posts

See All

Resultado da seleção para monitoria PID

Em atendimento ao edital 03/2021 do Curso de Jornalismo da UFC, de seleção de monitor remunerado para a Bolsa de Iniciação à Docência (BID), segue o resultado da seleção para a monitoria do projeto “P